No momento você está vendo Estação das Docas recebe representantes da América Latina e Caribe durante seminário internacional de políticas e sistemas de cuidados

Estação das Docas recebe representantes da América Latina e Caribe durante seminário internacional de políticas e sistemas de cuidados

Evento é realizado em Belém (PA) no escopo de parceria entre ONU Mulheres, Governo Federal e Prefeitura de Belém como um dos esforços para ampliar o acesso ao direito ao cuidado para todas as pessoas.

De 27 a 29 de fevereiro, Belém do Pará será sede do Seminário Internacional “Entre o global e o local: experiências de construção e territorialização de políticas e sistemas de cuidados na América Latina e no Caribe”. O encontro tem como principal objetivo promover intercâmbios e debates sobre políticas e sistemas de cuidados, tais como a implementação de programas de assistência a crianças, idosos ou pessoas com deficiência. A Estação das Docas irá receber parte da programação do evento, que é privado, mas que estará disponível para o público via youtube da ONU Mulheres.

O evento será tema de debates a formulação de estratégias para reduzir a sobrecarga enfrentada pelas mulheres, que acumulam as atividades profissionais com o trabalho de cuidado e afazeres domésticos. Por fim, vai ser discutida a escassez de tempo que limita o acesso à qualificação e empregos de qualidade para milhões de mulheres no mundo, ameaçando o aumento de produtividade e competitividade que alavancariam economias e os PIBs globalmente. No Brasil, muitas políticas, programas e ações já desenvolvidas por distintos governos nas três esferas federativas buscam prover cuidados para quem precisa. Isso inclui:

serviços educacionais – como creches, pré-escolas e escolas de ensino básico;

instituições que atendem pessoas idosas ou com deficiência – como os centros-dias, os

centros de convivência, as instituições de longa permanência, as habitações inclusivas e os

serviços de acolhimento da assistência social;

hospitais e as Unidades Básicas de Saúde;

benefícios monetários, como salários maternidade, regras diferenciadas na aposentadoria,

entre outros.

 

O que torna programas e ações parte de um sistema ou política de cuidado é a forma como estão integrados, a existência de um mecanismo de governança e de um mecanismo de financiamento que viabilize ampla cobertura. A formulação de estratégias para garantir o trabalho decente para as pessoas trabalhadoras do cuidado também é pauta do encontro.

O resultado esperado para o encontro é contribuir significativamente com a implementação do  ODS 5, que busca alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas, especialmente a meta 5.4: “Reconhecer e valorizar o trabalho de assistência e doméstico não remunerado, por meio da disponibilização de serviços públicos, infraestrutura e políticas de proteção social, bem como a promoção da responsabilidade compartilhada dentro do lar e da família, conforme os contextos nacionais”.

Participam do evento representantes de 10 países da América Latina e Caribe, incluindo autoridades de governos federais, estaduais e municipais, representantes de organizações da sociedade civil, de entidades de pesquisa e do setor privado, além de pessoas trabalhadoras do cuidado, que compartilharão conhecimentos sobre a temática e trocarão experiências sobre políticas implementadas nos diferentes países convidados, seja nacional ou localmente.

Serviço:
Seminário Internacional – Entre o global e o local: experiências de construção e territorialização de políticas e sistemas de cuidados na América Latina e no Caribe

Data: 27, 28 e 29 de fevereiro de 2024
Local e horário:
27 de fevereiro – Palácio Antônio Lemos (Praça Dom Pedro II, 2 – Cidade Velha, Belém – PA) – 17h às 20h30
28 e 29 de fevereiro – Estação das Docas (Av. Boulevard Castilhos França, S/N, Campina, Belém – Pará) – 9h às 18h
Mais informações em www.onumulheres.org.br

Realização
· ONU Mulheres (escritórios Brasil e para as Américas e o Caribe);
· Governo Federal:
o Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE)
o Ministério das Mulheres
o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome;
· Prefeitura Municipal de Belém (PMB),

Apoio:
· Open Society Foundations,
· Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID)
· Governo de Luxemburgo.

Programação e atividades –

O painel de abertura do evento ocorrerá no dia 27 (terça-feira), às  17h, e terá as Luiza Lopes da Silva, Diretora-Adjunta da Agência Brasileira de Cooperação; da Secretária Executiva do Ministério das Mulheres, Maria Helena Guarezi; da Secretária Nacional de Cuidados e Família, Laís Wendel Abramo; do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues e de representantes das organizações apoiadoras do seminário: Open Society Foundations, Cooperação Espanhola e Governo de Luxemburgo. Em seguida, um painel de alto nível abordará os desafios da territorialização das práticas, das políticas e dos sistemas de cuidado na América Latina.

O evento é restrito para convidados e será transmitido on-line em português e espanhol, podendo ser acompanhado pelo canal do Youtube da ONU Mulheres Brasil e pela página do LinkedIn da ONU Mujeres para as Américas e o Caribe.

Com informações de ascom ONU Mulheres

Deixe um comentário